A Aurora Canabis anunciou na segunda dessa semana o acordo definitivo pela compra da empresa ICC Labs por um valor aproximado de 290 milhões de dólares. Segundo a ICC Labs a aquisição torna a Aurora lider na industria canábica na América do Sul.

Hoje a ICC Labs tem mais de 70% do mercado do Uruguai, primeiro país do mundo que legalizou a maconha para consumo recreativo. A licença atual da ICC é quase única, isso pois há apenas duas empresas que possuem instalações e produz cannabis para uso recreativo e distribuído através das farmácias que vendem maconha e da reserva online de cannabis. A ICC também já possuí autorização para produzir Cannabis Medicinal na Colômbia.

Quando a mudança seja totalmente realizada, a Aurora espera estar pronta para a expansão aproveitando a vantagem que a ICC já possuí, como a capacidade de produção a um custo relativamente baixo e uma variedade de produtos e além disso, bons canais de distribuição.

O comunicado oficial da ICC dá dados fantásticos sobre como é a produção do Uruguay e da Colombia:

Temos duas intalações atualmente funcionando com aproximadamente 28.000 metros quadrados.
Três fazendas de cultivo ao ar livre, com mais de 300 hectáreas, quase 240 atualmente está no Uruguai e o restante está sendo preparadas para o cultivo.
Ainda estamos com duas instalações em desenvolvimento que adicionará 38.000 metros quadrados de produção na Colômbia.

Essa é uma das grandes vantagens para o desenvolvimento medicinal e recreativo da maconha, as nossas produções estão estrategicamente perto do Aeroporto nternacional de Carrasco e dentro da zona de comêrcio do “Parque de las Ciencias”, facilitando as exportações importações e insentando de qualquer imposto local.

O comunicado também avisa que a compra ainda está sujeita a algumas regras, incluíndo a aprovação do IRRCA – o ministério responsável pela maconha no Uruguai.

Escreva seu comentário

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here